terça-feira, 12 de outubro de 2010

A realidade de Tropa

Tenho ido com menos frequência ao cinema. Assim que vim morar pertinho de um shopping que tem a rede Cinemark, ia constantemente... Mas nesse final de semana, fui, a pedido dos pais, ver a estréia de Tropa de Elite 2. Não sou chegado a ir em final de semana de estréia, não simpatizo com cinemas lotados. Brasileiro fala muito, bate palma, grita, fica reclamando do filme, etc...etc... Na contra-mão de minha opinião pessoal, valeu muito a pena ter ido ver Tropa logo no lançamento.

Sabia que as vendas estavam elevadíssimas, entrei na internet para conferir se ainda tinha ingresso e veio a primeira surpresa: Quase todas as 8 salas do Cinemark Carioca estavam exibindo o filme em algum horário.

Como sempre, demorei para sair de casa e isso nos custou 3 poltronas. A sala de exibição estava tão lotada que já tinham pessoas na escada! Sei que uns pensariam: "Que merda, sentar na escada!" Mas eu ADOREI! Nossa! Produção nacional, 8 salas exibindo, e eu ainda sentado na escada? Sucesso total!!! Segundo dados do site FilmeB, Tropa já fez nos 3 primeiros dias de exibição mais de 1 milhão e 250 mil espectadores. Mais de 50% das salas estão com o filme em cartaz...

Ok! Uma pena que nossos best sellers ainda sejam filmes que diminuem nossa auto-estima, mostram nossa realidade triste de se ver. Tirando o mega-sucesso Se eu Fosse Você, nosso cinema ainda se resume a retratar a própria miséria do povo brasileiro - e, diga-se de passagem, fazendo isso muito bem. Ainda estamos muito longe do glamour hollywoodiano, mas é nessa fotografia da realidade que o José Padilha, diretor de Tropa, Conseguiu se superar na continuação da película.

Do morro ao planalto

Se o primeiro filme já trazia uma realidade cruel, a sequência é um choque. Nosso super-herói Nascimento - com Wagner novamente perfeito - ao longo do novo filme descobre e joga sobre nós espectadores, toda a sujeira que existe em nosso país. Passamos a sentir a mesma perplexidade que o agora Subsecretário a cada momento que ele descobre que está envolto de lama. Uma pena não ter sido lançado antes da eleição. Se fosse, um bocado de votos teriam sido redirecionados.

O filme retrata, expõe e condena quem realmente financia o tráfico e todas as mazelas da nossa sociedade: As forças políticas. Uma crítica muito bem construída onde as milícias, políticos e bandidos formam um completo sistema que elimina quem é contrário e impera em nossa nação.

Confesso que é até difícil escrever sobre as sensações que o filme traz. E também não me proponho a escrever uma resenha. Vale mais a pena assistir ao filme como fui, sem saber o que esperar e achando que é apenas mais do mesmo... Aqui no blog, o mais importante é a sensação que o filme causa. Esse choque de realidade que constrange, aflige e que, sinceramente, está muito longe de mudar.

No último dia 31 demos 8 milhões dos nossos votos a políticos com ficha suja, e olha que até os de ficha limpa sabemos que nos engana, que dirá os que conseguem a proeza de sujar-se descaramente? O filme mostra o perigo de não tentarmos fazer a melhor escolha. É muito difícil limpar o país dessa sujeira, mas não tentar é ainda pior.

Enfim, para ficar pensativo assim, confuso sobre o que falar, sobre o que pensar, é só dar um pulinho no cinema mais perto de você e ver Tropa de Elite 2. Mais uma vez, o brilhante José Padilha conseguiu por a realidade diante dos nossos olhos a ponto de sairmos do cinema sob aplausos para o filme e vaias para o Brasil.

Já viu o filme? O que sentiu? O que pensou sobre o nosso país? Comenta aí e construa um pensamento coletivo a partir do texto!

13 comentários:

Luiz Paulo disse...

O primeiro foi ótimo, imaginei que o segundo realmente fosse mais do mesmo.. mas já que você diz que não é.. vou assistir :)

Victor Pagani disse...

Acho que fui um dos poucos que não assistiram ambos.

[]'s

Leonardo disse...

Eu vii o filme na estreia, realmente muito bom, pra mim superou o 1º. tomara q tenha uma continuação!

Macaco Pipi disse...

onde os fracos não tem vez!

Adilson Guimarães disse...

O filme é realmente muito bom e traz consigo a imagem que o cinema nacional tem construido nos últimos anos, de uma qualidade indiscutível! É pena que seja realidade tão excrachada e conhecido por todos. A sequência do filme tropa de elite é muito incrivel, tem uma crítica social e politica muito inteligente fazendo uma associação entre todos os setores de poderio do Brasil. Sinceramente, não vejo nem a possibilidade de comparação com o primeiro, pois esse trouxe uma abordagem mais intelectual do assunto enquanto o outro trouxe uma imagem caricaturada da realidade carioca. Enfim, duas produções que estão na minha lista de favoritos!

Canto do Lufa disse...

É eu vi o filme ontem.

Realmente quando se tem um polícia uqe não é polícia e sim malícia fica difícil.

É uma cilada!

A corrupção é quase que viceral. O filme retrata bem esse sistema escroto no qual estamos presos.

Triste ver que a a honestidade está entrando em extinção.

BLoG do CHARQuE disse...

não vi ainda o filme pois ganhei ingresso pra ve o filme de graça só a partir do dia 18

to ansioso d+!


gostei dos teus comentários muita gente falando bem do filme!!!


O melhor blog do meu .... Bairro
http://blogdocharque.blogspot.com/

Jales Júnior disse...

Gostei

Ju disse...

Ainda não vi o filme.. mas estou lendo o livro. E pelo livro sei o que me espera no cinema. O livro é simplesmente fantastico!!!!!
Retrata toda essa realidade com a naturalidade de uma simples conversa.

Espero conseguir assistir ainda esta semana.

Lígia disse...

Excelente a crítica, Daniel! Infelizmente, nosso cinema está mesmo escancarando nossa ferida para o mundo. Mas não acho isso tão ruim. É assim que a gente cresce como povo: vendo a verdade e sentindo vergonha. Tomara que nossa vergonha nos impulsione para mais além...

Muito tempo que não lia nada seu... parabéns! Já estou seguindo seu novo blog... também tenho um novo: http://meuquartoamarelo.blogspot.com

Abraço,

Lígia

Fábio disse...

Como ainda não vi o filme, não posso comentar muito, mas parece que o filme está surpreendendo mesmo! Gosto muito do seu texto cara! Um abraço
Fábio Ramalho

apertab disse...

Cara muito bom isso! eu to louco para ver o filme, parabéns pelo post muito bom seu blog também.



Passa lá no meu depois http://apertab.wordpress.com/

DeFatto! disse...

eu vi o primeiro e tô tentando ver o segundo... mas parece 'impossível'. esgotam todas as sessões sempre!